• Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Histórico do Sistema

DeporTV

DeporTV

DeporTV

Frequência: 2401 da TDA (TV Digital Aberta)

Localidade: informação não encontrada.

Site: deportv.gov.ar/

Cobertura: informação não disponível no endereço eletrônico oficial da emissora. Sabe-se, no entanto, que a TV Digital Aberta já atende a 75% da população do país. 

Missão/valores institucionais

Objetivos do canal:

  • Fomentar o esporte como promotor de valores da sociedade argentina, reconhecendo-o, através de uma política de Estado e da comunicação pública, como um de seus objetivos principais na estratégia de democratização e integração de conteúdos;
  • Ser um veículo de “televisionação” dos diversos eventos esportivos de interesse público nacional, desde os torneios de futebol aos campeonatos nacionais e internacionais das diferentes modalidades individuais e de equipe;
  • Representar o esporte em suas dimensões econômica, cultural e histórica;
  • Mostrar os planos e projetos destinados ao fomento do esporte, assegurando os princípios da ética esportiva e tornando partícipes dela todos os integrantes do sistema esportivo nacional;
  • Incentivar e auxiliar a prática de competências esportivas, para que elas alcancem altos níveis, assegurando que as representações do esporte argentino em nível internacional sejam expressão da hierarquia cultural e esportiva do país;
  • Fomentar e apoiar a recreação, como meio de equilíbrio e estabilidade social;
  • Outorgar visibilidade às práticas esportivas realizadas desde o âmbito do sistema educativo.

Histórico da emissora

O DeporTV foi criado através da Resolução 396, assinada em 29 de março de 2012. Segundo a Resolução, os conteúdos da emissora devem ser produzidos pelo Ministério da Educação da Nação, através do programa Edu.AR Sociedad del Estado.

Natureza jurídica da emissora

Empresa estatal de administração pública direta.

Estrutura organizacional

O DeporTV está diretamente vinculado ao Ministério da Educação da Nação. Quanto à organização interna da emissora, não há informações disponíveis a esse respeito em seu endereço eletrônico oficial.

Forma de gestão

Informação não disponível no endereço eletrônico oficial da emissora.

Modelo de financiamento

Recursos orçamentários públicos.

Programação

Predomina a exibição de partidas e torneios esportivos.

Participação pública

Não há sinais de participação pública no sítio eletrônico oficial da emissora.

Plataforma multimídia

O endereço eletrônico oficial da emissora oferece streaming e se vincula ao facebook, ao youtube e ao twitter.

Tecnópolis

Tecnópolis

Frequência: informação não disponível no endereço eletrônico oficial da emissora. Sabe-se, pela veiculação de notícias, que se trata do sinal 23.03 da TDA (TV Digital Aberta).

Localidade: Buenos Aires

Site: www.tectv.gov.ar

Cobertura: informação não disponível no endereço eletrônico oficial da emissora. Sabe-se, no entanto, que a TV Digital Aberta já atende a 75% da população do país.

Missão/valores institucionais

TECTV Web é o site oficial do canal Tecnópolis: canal de TV digital e aberto, voltado para os temas ciência e tecnologia. O TECTV Web, de modo consoante e complementar ao canal de TV, busca promover ciência, tecnologia, inovação produtiva, empreendedorismo e indústria, através do despertar de vocações científicas e técnicas; do incentivo aos jovens para a resolução de questões da vida cotidiana, com o uso do conhecimento científico.

Histórico da emissora

Informação não disponível no endereço eletrônico oficial da emissora. Através de notícias veiculadas, porém, sabe-se que o canal vinha transmitindo parte de sua programação, experimentalmente, desde 06 de outubro de 2011; e que teve sua transmissão inaugurada oficialmente em 18 de abril de 2012.

Natureza jurídica da emissora

Empresa estatal de administração pública direta.

Estrutura organizacional

O canal está diretamente vinculado ao Ministerio de Ciencia, Tecnología e Innovación Productiva de la Nación. Internamente, segundo informa seu endereço eletrônico oficial, o Tecnópolis TV organiza-se através dos seguintes cargos: coordenador geral, subcoordenador geral e produtor geral (equipe de direção); produtores de conteúdos, corretor, corretor gráfico, assistente de coordenação geral, secretário, assistentes de conteúdos, assistente de conteúdos e adequações internacionais, e auxiliar de conteúdos (equipe de conteúdos); produtores delegados, roteirista, responsável pelo desenvolvimento de projetos, responsável pela produção artística, assistente de produção e responsável pela produção da programação (departamento de produção); responsável por projeto e designer (web); administradores, assistente administrativo e recepcionista (equipe de administração).

Forma de gestão

Informação não disponível no endereço eletrônico oficial da emissora.

Modelo de financiamento

Recursos orçamentários públicos.

Programação

Segundo informa o endereço eletrônico oficial da emissora, a programação da Tecnópolis se constitui de séries de ficção, documentários, entrevistas, biografias e “microprogramas” cujos temas centrais são ciência e tecnologia. O TECTV Web, de forma consoante e complementar, oferece vídeos, notícias, artigos de opinião e videojogos.

Participação pública

Apenas dois sinais de participação pública no endereço eletrônico oficial do canal: o espaço (mensagem eletrônica fechada) que permite comentar sobre o canal e enviar ideias para a programação; e a presença de uma enquete.

Plataforma multimídia

O sítio eletrônico oficial do canal (TECTV Web) oferece streaming, enquete, blogs, videocast, jogos on-line, e-mails diferenciados (para expor dúvidas, dar idéias sobre programação, enviar currículo e compartilhar notícias) e se vincula: ao facebook, ao twitter e ao youtube.

Pakapaka TV

Freqüência: (de downlink) 12.020 Mhz.

Localidade: Buenos Aires.

Site: www.pakapaka.gov.ar

Cobertura: Assiste-se Pakapaka através da TDA (Televisão Digital Aberta), pela televisão satelital e pelas operadoras de TV a cabo por todo o país. O canal pertence ao Ministério da Educação e é livre e gratuito para todos.

Missão/valores institucionais

O Pakapaka é o primeiro canal educativo e público criado pelo Ministério da Educação da Argentina que se dedica exclusivamente aos meninos e meninas argentinos e latino-americanos. Sua proposta consiste em ser um novo canal infantil com conteúdos de alta qualidade, orientados a educar e a entreter, aberto à cultura de todos os setores da Argentina e à cultura das distintas expressões do mundo.

O canal nasceu de uma experiência anterior e bem-sucedida: o canal infantil Encuentro. Sendo que o Pakapaka visa uma ampliação da proposta pedagógica e de entretenimento do outro canal. A programação do canal tem conteúdos destinados a meninos e meninas de dois a cinco anos e de seis a doze anos, e trabalha em rede com outras instituições e emissoras públicas da América latina com reconhecida trajetória no âmbito da infância e da produção audiovisual.

Neste sentido, o Pakapaka se propõe a:

  • Promover o acesso de meninos e meninas à informação e a materiais de diversas fontes nacionais e internacionais que contribuam para seu desenvolvimento de acordo com a Convenção sobre os direitos da criança;
  • Criar uma programação de alta qualidade dirigida ao público infantil que respeite os direitos humanos dos meninos e meninas; que estimule sua criatividade e imaginação; que promova a diversidade e a inclusão; e que desperte o gosto pelo conhecimento;
  • Pôr à disposição de docentes e alunos material audiovisual educativo de alta qualidade técnica e pedagógica, destinado a apoiar o processo de ensino/ aprendizagem em diversas áreas curriculares, e favorecer o uso das tecnologias de informação e comunicação nos processos pedagógicos.

O desafio do canal é aportar uma nova forma de mostrar, falar e convocar a infância. Oferecer conteúdos e formatos estéticos que pensam nas possibilidades e nas necessidades dos meninos e meninas da Argentina. Uma proposta que aponta para enriquecer o próprio mundo e a refletir sua complexidade. Desenvolvimento de uma série de programas para a infância, destemida dos temas difíceis; que parte de um respeito profundo pelas crianças, às quais reconhece como construtores e pensadores de sua própria realidade. Os afetos, o diálogo, a fantasia, a imaginação, o jogo, as perguntas, a descoberta, a curiosidade, a exploração, os sentidos ou a investigação são alguns dos tantos caminhos para fazer do canal um forte colaborador dos processos de ensino e aprendizagem de cada aula da Argentina.

Neste canal, pretende-se que os meninos e meninas sejam protagonistas. Uma tela onde todos os meninos e meninas possam se reconhecer, aprender, conhecer, participar e se expressar. Uma tela que lhes mostra e lhes permite mostrar-se; onde são respeitadas as diferenças e as particularidades. Uma televisão centrada na oportunidade de dizer quem se é e em estimular a participação infantil em convivência democrática.

Histórico da emissora

Em 17 de setembro de 2010, começou a transmissão do primeiro canal infantil do Ministério da Educação da Argentina: Pakapaka. Num contexto de avanços concretos na democratização dos meios de comunicação, os meninos e meninas passaram a contar com um canal nacional de televisão, pensado exclusivamente para eles.

Natureza jurídica da emissora

Empresa estatal de administração pública direta.

Estrutura organizacional

O canal infantil Pakapaka está diretamente vinculado ao Ministério da Educação da Argentina. O site oficial não fornece informações sobre a organização interna do canal.

Forma de gestão 

Não há informações disponíveis no site oficial da emissora.

Modelo de financiamento

Recursos orçamentários públicos.

Programação

Segundo o site oficial da própria emissora, o Pakapaka é um canal infantil com conteúdos de alta qualidade, orientados a educar e a entreter.

Participação pública

O único sinal de participação pública no site oficial do canal é o espaço que permite que pessoas físicas ou jurídicas proponham, através de um formulário-padrão, projetos de programas televisivos de sua própria autoria.

Plataforma multimídia

O sítio eletrônico oficial da emissora oferece streaming, toques de celular para download (descarga), videocast, jogos on-line, “fale conosco” e se vincula: ao facebook e ao youtube.

INCAA TV

INCAA

Freqüência:

- TDA canal 22.4
- DIRECTV canal 512
- Telecentro canal 35 y 400
- Cablevisión canal 299
E diferentes canais por cabo nas diversas localidades do país.

Localidade: Buenos Aires.

Site: www.incaatv.gov.ar

Cobertura: trata-se de um canal do novo sistema de TV Digital (aberta e gratuita), ainda em implantação. Funciona onde já foi implantada a Plataforma do Estado Argentino, com mais de 10 canais, que incluem o INCAA TV, o Canal 7 – TV Pública, a TV Pública HD, o Pakapaka, o Encuentro etc. As cidades onde já existe a plataforma são: Capital Federal, La Plata, San Miguel de Tucumán, Mar Del Plata, Resistência, Paraná, Formosa, San Nicolás, La Rioja, San Carlos de Bariloche, Campana, Baradero, Cañuelas, Luján, Córdoba, San Juan, Villa Maria/ Villa Nueva.

Missão/valores institucionais

(Política de exibição o canal):

A função principal do INCAA TV - um canal público do Estado Argentino, criado a partir da Nova Lei de Serviços Audiovisuais – é a difusão do Cinema Argentino, entendido como veículo da cultura e da diversidade. Já que um dos problemas centrais da difusão do Cinema Argentino tem a ver com as políticas de exibição regidas pelo critério da produtividade: quando um filme não alcança o mínimo estipulado de espectadores, é retirado das salas de cinema.

Nesse sentido, a política de exibição do INCAA TV considera os filmes como obras cuja qualidade está para além da condição de novidade. O canal lança anualmente mais de 450 longa-metragens, uma média superior à média dos canais generalistas de filmes na Argentina.

Objetivos do canal:

Como canal de televisão do Instituto Nacional de Cinema e Artes Audiovisuais (INCAA), o INCAA TV tem como prioridade a difusão dos filmes da cinematografia argentina em seus distintos gêneros e formatos, além de incluir ciclos de cinema latino-americano e apresentações especiais de filmes relevantes da produção mundial.

Este trabalho de promoção e difusão, que o Instituto Nacional de Cinema e Artes Audiovisuais vem desenvolvendo em outros espaços, é uma das atribuições específicas que a Lei de Cinema lhe outorga e que o momento lhe exige, o que converte o INCAA TV em uma ferramenta fundamental de sustentação desta tarefa.

O INCAA TV acredita poder ser uma televisão que, com inteligência, pluralidade, compromisso e forte sentido de responsabilidade frente às audiências de todo o país, funcione como espelho e intérprete da sociedade.

Em suma, o canal intenciona ser um elo de uma cadeia sustentável e atual com vistas ao crescimento real de um sistema de meios públicos que inclua todos os argentinos.

Histórico da emissora

Não há informações disponíveis no site oficial da emissora.

Natureza jurídica da emissora

Empresa estatal de administração pública direta.

Estrutura organizacional

O INCAA TV está diretamente vinculado ao Instituto Nacional de Cinema e Artes Audiovisuais (INCAA). O site oficial não fornece informações sobre a organização interna do canal.

Forma de gestão

Não há informações disponíveis no site oficial da emissora.

Modelo de financiamento

Recursos orçamentários públicos.

Programação

O INCAA TV tem como prioridade a difusão dos filmes da cinematografia argentina em seus distintos gêneros e formatos, além de incluir ciclos de cinema latino-americano e apresentações especiais de filmes relevantes da produção mundial.

Participação pública

Não há indício de participação pública no site oficial do canal.

Plataforma multimídia

O sítio eletrônico oficial do canal oferece RSS, “fale conosco”, inscrição para recebimento de newsletter e se vincula: ao facebook, ao twitter e ao youtube.

Canal Encuentro

logoencuentro

Freqüência: canal 6 (em grande parte do país)

Localidade: Buenos Aires.

Site: www.encuentro.gov.ar

Cobertura: O sinal alcança mais de seis milhões de lares de todo o país, durante as 24 horas do dia, através de uma rede de 1.400 cabos e através da participação na programação de distintos canais locais de televisão aberta e do Canal 7 (com alcance nacional). A grade de programação do canal Encuentro é complementada pelo portal oficial da emissora na internet. 

Missão/valores institucionais

O canal Encuentro, como meio de comunicação público de TV, trabalha para a construção da cidadania, para a realização dos interesses comuns; exibe imagens do povo argentino e expressa a diversidade cultural do mesmo, considerando a audiência como proveniente de cidadãs e cidadãos, sujeitos de direito.

Neste sentido, o canal Encuentro é uma ferramenta pedagógica que aporta a função social do ensino, tanto para o sistema educacional como para o conjunto da sociedade. Sua programação se orienta para a construção de uma audiência reflexiva e crítica.

Trabalha-se com a firme convicção de que o Estado pode desenvolver uma nova televisão educativa e cultural.

Objetivos do canal Encuentro:

  • Contribuir para a igualdade de todos os habitantes da Argentina e dos países da região no acesso ao conhecimento, independentemente do seu lugar de residência e condição social;
  • Fornecer às escolas conteúdos televisivos e multimídia que aportem a qualidade da educação da Argentina;
  • Oferecer ferramentas inovadoras para facilitar e melhorar os processos de ensino e aprendizagem, tendo em conta os desafios atuais de educação para a construção coletiva de uma sociedade mais justa.

Histórico da emissora

O canal Encuentro é o primeiro canal de televisão do Ministério da Educação da República Argentina. Funciona sob a responsabilidade do Educ.ar Sociedade do Estado. Foi criado em maio de 2005, através do Decreto 533/05. Em dezembro de 2006, foi reconhecido pela Lei 26.206 (de Educação Nacional) e, em 5 de março de 2007, começou sua transmissão. A partir de então, constituiu-se como uma importante ferramenta para a comunidade educacional. É um canal federal que inclui conteúdos de todas as regiões do país e outras produções adquiridas das mais prestigiadas produtoras da América Latina e do mundo. Trata-se de um serviço público de comunicação e não possui publicidade.

Natureza jurídica da emissora

Empresa estatal de administração pública direta.

Estrutura organizacional

O canal Encuentro está diretamente vinculado ao Ministério da Educação da Argentina e ao Educ.ar Sociedade do Estado (portal educativo do Ministério da Educação, destinado a docentes, diretores, alunos e membros da comunidade ligados à educação). O site oficial não fornece informações sobre a organização interna do canal.

Forma de gestão 

Não há informações disponíveis no site oficial da emissora.

Modelo de financiamento

Recursos orçamentários públicos.

Programação

Segundo o site oficial da própria emissora, o Encuentro é uma ferramenta pedagógica que aporta a função social do ensino, tanto para o sistema educacional como para o conjunto da sociedade. Sua programação se orienta para a construção de uma audiência reflexiva e crítica.

Participação pública

O único indício de participação pública no site oficial do canal é o espaço que permite que pessoas físicas ou jurídicas proponham, através de um formulário-padrão, projetos de programas televisivos de sua própria autoria.

Plataforma multimídia

O sítio eletrônico oficial da emissora oferece streaming, RSS, “fale conosco”, videocast, ainda permite a avaliação (por votação), o compartilhamento e o download (descarga) de programas da emissora, e se liga: ao facebook e ao youtube.

Mais artigos...


COMPARTILHE


TVs (AR)

Argentina

Rádios (AR)

La-Radio-Nacional

FACEBOOK

Twitter

TAGS


kerajaan cerita horor gosip terbaru berita terbaru windows gadget toko game